Acessos

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Noites

No meu quarto escuro...
A fumaça do meu cigarro em caracol,
Toma forma de fantasmas...
No rádio toca uma musica de amor.
No meu peito bate um coração dolorido.
Uma lágrima insiste em molhar minha face.
Na minha mente teu nome ecoa sem parar,
Como uma musica no repetir...
Num gemido involuntário,
Sufoco o grito de “EU TE AMO”.


Hannaell Mendes
30/08/2010 – 23h30min

Um comentário:

  1. Estamos aguardando a publicação de um livro de poesia.....autor: você

    ResponderExcluir