Acessos

domingo, 30 de maio de 2010

Simples assim...

Eu te olharei nos olhos...
Você simplesmente me olhará...
Eu te darei um sorriso...
Você simplesmente ficará me olhando...
Eu chegarei mais perto...
Você permanecerá imóvel...
Chegarei mais perto ainda...
Você continuará no mesmo lugar...
Teus olhos me condenarão.
Eu tentarei lhe dizer algo...
Minhas pernas tremerão...
Meu coração disparará e me sufocará...
Meus olhos fixos olharão nos teus...
Você continuará parada me olhando...
Sem esboçar nenhuma reação.
Minha voz tremula enfim sairá...
Baixinho, você mal conseguirá ouvir...
Meu corpo inteiro tremerá...
Minhas pernas ainda mais...
Mal conseguirei ficar em pé!
O som da minha voz...
Parecerá ser ouvido pelo mundo todo...
Mas você perguntará!
O quê?
Eu te direi, EU TE AMO.
Você continuará me olhando...
Simplesmente me olhando.
Minhas mãos tremulas e frias procurarão as tuas...
Neste momento estarei bem mais perto de você...
Minhas mãos encontrarão as tuas...
Que estarão quentes...
Tão quentes que parecerá queimar as minhas...
Aproximarei meu corpo do seu...
Meu rosto do teu rosto...
Minha boca da sua boca...
Você parada simplesmente me olhará...
Meus lábios tocarão os seus...
Neste momento você se moverá...
Suas mãos apertarão as minhas...
Seus braços envolverão meu corpo...
Seu corpo colará no meu...
O frio que estarei sentindo, será dominado pelo seu calor...
Seus lábios se moverão...
Colados nos meus...
Suavemente...
Acompanhará o movimento dos meus...
Uma lágrima escorrerá pelo meu rosto...
Nossos lábios se descolarão...
Olharei nos teus olhos...
Você olhará nos meus olhos...
Eu não direi nada...
Você continuará em silêncio...
Seus lábios aproximarão dos meus...
Nosso segundo beijo...
Enfim... Um sorriso seu...
Eu te direi novamente...
EU TE AMO...
Você respirará bem fundo...
Não dirá mais nada...
E nossos lábios se unirão novamente...


Hannaell Mendes
28/05/2010 – 12h30min

Um comentário:

  1. Pra que falar se podemos ocupar o tempo em outras linguagens não é?

    ResponderExcluir